segunda-feira, 9 de abril de 2012

Entre interrogações, pontos finais e exclamações

E o que acontece quando começamos a questionar todas as nossas vontades mais profundas? Aquelas vontades e desejos que sempre foram permanentes em nossos corações? Será que os sentimentos mudaram? Será que a Mari mudou? Ou será simplesmente um curso natural com o decorrer do tempo? 
Realmente são muitos questionamentos que não podemos respondê-los de imediato. São diversas interrogações que teremos que aos poucos trocá-las por ponto final. 
"Deixe seus sonhos serem maiores que seus medos e suas
ações falarem mais alto que suas palavras."
Mas no transcorrer dessa troca, quando será que saberemos o que fazer de fato? E dai começam todas as perguntas novamente. Ou seja, uma bola de neve, inicialmente. Mas não. Pois no melhor momento saberemos quando ir a diante ou quando parar de nos questionarmos.
Certamente uma resposta eu já tenho: a Mari mudou. E muda sempre também. Como já dizia Clarisse: "Sou sempre eu mesma, mas não serei a mesma para sempre."
Bom, só de saber disso, parte da minha alma já está mais feliz hoje do que ontem. Porque quando vale a pena e para quem vale a pena, nós mudamos inevitavelmente.
Mas que todos esses questionamentos nos fazem pensar e repensar, ah!! isso fazem. E não é pouco. Mas fiquem sabendo meu povo, de nada adianta muito pensar e nada fazer. Digo isso por mim mesma. Tenho questões pendentes em minha vida que penso, penso e penso mais. E dai penso de novo e não consigo achar um ponto final ou tomar alguma decisão significativa para que aquele incômodo se dê por fim. E isso por muito, é cansativo, entendem?! Porém uma coisa que eu já falei aqui e volto a repetir: talvez não seja ainda a hora certa de uma resolução. Se nosso coração ainda não soube direcionar para que lado devo caminhar, é porque simplesmente não chegou o momento e tenho que conviver com isso por mais tempo. Para que, pergunto eu novamente. Para que??????? Espero e torço a todo momento que seja para meu aprendizado, crescimento e para meu bem. Tudo para o meu próprio bem. Que somente assim alcançaremos o tão sonhado êxito!
Mas dentre interrogações e pontos finais, estou convicta que não me cansarei de exclamar por luz e sabedoria! Porque é preciso sonhar para podermos alcançar. É necessário pedir, lutar, enfrentar, ir atrás para conseguirmos conquistar. E para vencermos a tudo isso é preciso coragem. Muita coragem. Coragem até mesmo para mudarmos de idéias, para questionarmos e efetuarmos trocas. Qualquer tipo de troca. Inclusive as que vem do coração.

Que a coragem os acompanhe :)