sexta-feira, 18 de maio de 2012

Um olhar no passado

Engraçado quando paramos para ver os acontecimentos de um passado recente em nossa vida.
Eu hoje comecei a ver como estava minha vida no ano passado e como ela está hoje. Realmente está mudada. Mas engraçado que nenhum acontecimento importante aconteceu. Nenhum namoro, nem promoção e ou aumento salarial como desejamos, nada de mudança de casa. Nem aquele prêmio da loteria que a gente espera ganhar toda semana aconteceu. 
Como a vida da gente começa a mudar simplesmente porque passamos a pensar diferente. 
Eu andava muito desanimada mesmo ano passado. Sabe quando estamos perdidinhas mesmo?! Isso incomodava muito. Era assim que eu me sentia. Mas dai euzinha aqui, quando percebi que eu não esta como sou de costume, era final do ano. Comecei então a focar que, como o ano de 2012 estava próximo e sempre renovamos nossas energias na virada do ano, sempre existe aquela esperança do recomeço e novos votos na virada do ano, coloquei na minha cabecinha linda que 2012 iria ser um ano mega auspicioso e que tudo iria ser muito melhor e feliz. Coloquei algumas metas em minha vida, mas principalmente enchi minha mente e meu coração com muito otimismo e alegria. 
E isso tem valido como ouro em minha vida. Porque realmente me sinto e me vejo muito mais feliz! Pequeninas mudanças, alguns nãos nunca dito antes e muito amor por tudo que faço fizeram essa sensação de bem-estar, alegria e prosperidade inundar minha vida!

É engraçado como tudo pode ser muito melhor pelos simples de fato de querermos isso. Lógico que sempre todo mundo quer tudo melhor. Isso é lógico. Mas o que é mais engraçado é que vejo que muitas pessoas querem e somente querem, mas nunca mudam de postura, como um simples não reclamar ou um simples ato de gratidão. Parece mínimo, mas faz toda a diferença!!!


Trabalhe por uma causa
Não para aplauso


Viva a vida para expressar
Não para impressionar


Não se esforce para fazer sua presença notada
Mas sim para que sua ausência sentida.





ok! em inglês é mais legal... mas assim todo mundo entende! ;)