sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Leve a vida leve

"A vida pode ser trágica às vezes, e eu tive a minha parte. Mas após tudo que acontece com você, você tem que manter a atitude um pouco cômica. Na análise final, você não pode esquecer de rir." Katharine Hepburn

E com essa frase aí ficou mais fácil de expressar que realmente rir dos nossos problemas, erros e dramas torna sim tudo mais fácil. Tudo bem que não posso encarar muitas tragédias na minha vida. A vida tem sido bem boazinha comigo. Mas mesmo assim não deixamos de ter aqueles dias de pirações, incertezas e chatices. 
"vida é uma grande festa cheia de surpresas"
O bom-humor torna tudo tão mais leve. Tudo tão mais agradável... E olha que eu acordo num humor bem duvidoso... mas bem duvidoso mesmo.... hehehe Mas eu acho que conforme o dia vai me acolhendo e me abraçando eu só consigo perceber que a vida não poderia ser tão bela. Nada poderia ser diferente. Nada seria tão suave e doce quanto é hoje. 
Sei que as tragédias do passado ajudaram a nos tornar o que somos e quem somos hoje. Mas tenho a certeza que também as alegrias, o amor, respeito e carinho além de todas as escolhas que fazemos e faremos, fazem parte desta lista que envolve nosso ser. Mas, muito mais que o passado, somos mais ainda nosso futuro e principalmente nossos sonhos, como já citou Terry Hostetler: "Eu não sou minhas memórias. Sou meus sonhos."
No fundo, ser nossos sonhos é o que nos move, nos movimenta... e é também o que faz nossos olhos brilharem. Sempre sonhamos com o melhor, com o agradável e portanto sempre vamos rir. Isso se torna um ciclo tão vicioso que pode-se tornar impossível a cura. Eu quero esse vício na minha vida. Rir das dificuldades e desafios e seguir em frente. Mas quero também discernimento para aceitar tudo que recebo para poder evoluir. Rir, nos divertir, e pensar positivo sempre trás facilidade qualquer que seja a situação. E isso por si só já faz tudo se resolver.
Quando estamos leves, temos a sensação de flutuar... E como deve ser bom não sentir-se preso à nada, nem à gravidade!!!!

Que os risos os acompanhe :)
Beijos leves....