quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O manifesto Holstee

Eu já havia lido essa mensagem centena de vezes, e hoje navegando pela internet, achei a história que se deu origem.
Basicamente foi um grupo de pessoas, apaixonados por bikes, que criaram um manifesto com o ideal de construir um estilo de vida pedalando.
Achei tão maneiro!





Aí vai a tradução:

Essa é sua vida. Faça o que você ama, e faça com frequência.
Se você não gosta de algo, mude.
Se você não gosta do seu trabalho, saia.
Se você não tem tempo suficiente, pare de ver TV.
Se você está procurando o amor da sua vida, pare;
Ele estará te esperando quando você começar a fazer coisas que ama.
Pare de analisar tudo, todas as emoções são lindas.
Quando você comer, aprecie cada última mordida.
A vida é simples.
Abra sua mente, braços e seu coração para coisas e pessoas novas, estamos unidos em nossas diferenças.
Pergunte a próxima pessoa que você ver qual é a sua paixão, e divida seu sonho inspirador com ela.
Viaje com freqüência; se perder vai ajudar a se encontrar.
Algumas oportunidades vêm somente uma vez, segure-a.
A vida é sobre pessoas que você encontra e as coisas que você cria com elas então saia e comece a criar.
A vida é curta.
Viva seu sonho e divida sua paixão.

Tenha uma ótima vida! :) 


Be free

Liberdade! Nossa... como é delicioso ser livre. 
Fazer tudo que bem entendemos e assim viver! 
Certamente quando sentimos o gosto da liberdade, não queremos mais outra coisa. A mesma coisa acontece quando fazemos 18 anos e nos achamos assim: tão independentes e donos do mundo. Uma verdadeira superação!
E é assim que se qualifica a liberdade: a independência do ser-humano. Contudo isso acarreta grande responsabilidade. 
Somos livres para fazermos o que bem entendemos mas somos mais ainda responsáveis pelas nossas atitudes. E talvez por isso as vezes me questiono o quanto somos livres de verdade, já que no fundo temos algumas amarras. De repente, nem sejam amarras, de repente sejam apenas abdicações e concessões que temos que fazer. Pura escolha mas que eventualmente podem nos causar dúvidas. 
Liberdade pode ser fazer o que bem entendermos, mas pode ser também que alguém faça nossas escolhas. Liberdade é sim agir de acordo com a nossa natureza. Mas vivemos em sociedade e temos os valores morais e os princípios ideais do comportamento humano, ou seja, a tão comentada ética, para nos limitar.
Albert Einstein tem um pensamento bem sucinto sobre o tema: Não creio, no sentido filosófico do termo, na liberdade do homem. Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior mas também de acordo com uma necessidade interior.
Sim, por isso temos sempre procurar a liberdade nos nossos sentimentos. Sejam quais eles forem. Até mesmo aquele sentimento de querer fazer as vontades alheias. Os nossos sentimentos sempre vão nos libertar, porque é aí que está a essência individual de cada um. Podemos até nos espelhar naqueles que estão mais próximos, mas isso acontece somente por um período... e esse período depende somente do tempo de cada um. No final, nossa essência é o que manda nas nossas atitudes. Independente de qualquer liberdade ou libertinagem. A essência sempre sobressai.
A essência que exala do nosso interior mostra para o mundo quem realmente somos. Sem máscaras. E isso é pura liberdade. Seja sempre você e encontre a sua.







Que o livre-arbítrio os acompanhe :)

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Pensamento livre.....

Eu estou vivendo uma das fases mais gostosas já vividas por mim até hoje. É tanta empolgação e calmaria no meu coração que fica até confuso para expressar.
Sei que alguns setores da minha vida já está encaminhado. E isso significa menos ansiedade, menos preocupação.
Mas o que mais importa mesmo é sentir. Sentir tudo ao mesmo tempo me mostra que ainda existem sentimentos em mim a ser desvendados o que certamente me traz mais empolgação em saber que sempre posso mais. E isso é demais. Me engrandece, me faz feliz, me faz viva.
Posso experimentar novas coisas, posso viver novas experiências, aprender e posso principalmente me doar mais. Posso agradecer mais. Muito mais. 
Pode ser sorte tudo isso. Ou pode ser merecimento, pois acredito no aqui se faz, aqui se paga. Pode ser os 2 motivos. Mas independente, sempre  acreditei que algo melhor ainda estava a minha espera. Então, pode ser fé também.
Agora sei que qualquer que seja o final, devemos sempre nos empenhar e dar nosso melhor durante todo o caminho, com atenção foco, determinação e bondade. 
" Me ame quando eu menos merecer, porque é quando eu
mais preciso."  Proverbio sueco
As vezes podemos até nos desanimar e nos deixar abater por acasos da vida, mas nunca devemos deixar de acreditar. Nem deixar de sermos nós mesmos. Ou mesmo nos deixarmos desviar pelas facilidades. Pode ser que tudo seja muito mais fácil para o outro. Pode ser que seja simples para você, ou não. Então faça sempre o seu melhor. Esteja sempre pronto para doar o máximo que puder, assim, somente o melhor virá até você.


Que o melhor sempre os acompanhe! :)

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Não quero saber......

E porque existe alguns porquês que são inexplicáveis? 
Tudo seria muito mais simples se soubéssemos todas as respostas. Mas as vezes caio em contradições, pois se assim fosse a vida, talvez seríamos tão mais preguiçosos e acomodados. E então me questiono: vale todo o sofrimento? Para que tudo isso? Realmente é necessário ficarmos com tantas perguntas sem respostas. Simplesmente aceitar e pronto. Porque? Porque deve ser assim e já é. Realmente viveremos eternamente nessa ambiguidade, tentando sempre o equilíbrio e buscando sempre uma resolução para qualquer sentimento, questionamento, situação e até mesmo para o cotidiano, para o mais simples e rotineiro. 
Tenha fé e acredite sempre em você
Mas hoje vivo mais acreditando que todos esses poréns na nossas vidas é o que nos motiva e nos faz crescer. São todas as perguntas sem respostas e todos os sentimentos vivenciados que nos permite e nos dá condições de buscarmos o tão querido equilíbrio. E nos faz capaz de nos fortalecermos, sempre com grandes e importantes aprendizados para passarmos adiante. Afinal, são esses aprendizados que serão doados para aqueles que mais necessitam. Isso sim é o que deixaremos aqui para sempre.
Acho que viver de perguntas indecifráveis não pode ser tão perturbador assim. Basta somente que saibamos administrá-las... mas principalmente, que mantenhamos nossos corações e mente abertos para qualquer tipo de resposta que surja no caminho.

Que as interrogações os acompanhe :)

Beijossssss