quarta-feira, 20 de março de 2013

#Pronto! Não falei!

Hoje eu tô no meu momento desabafo!
Com o passar dos anos, aprendi muito a ser mais pacífica, não discutir tanto e a tolerar muito mais. Eu sempre discuti muito... sempre falei muito. Ainda tenho meus deslises, que já me coloquei em situações bem difíceis das quais me arrependo muito... mas quem nunca?! hihihi
A vida, muitas vezes me mostrou que ficar calada é a melhor saída. Independente do certo ou do errado, das ideologias e do que achamos que temos que defender ou até mesmo nos defender. Ficar calada nem sempre te livra de problemas, mas ao meu perceber ajuda a não criar mais. 
Aquela frase épica que vemos em cinema e que se aplica na justiça americana "Você tem o direito de ficar calado, qualquer coisa que disser poderá ser usado contra você" é o resumo disso tudo para mim.
Mas diferentemente da justiça, onde os homens arrecadam provas para fazer julgamentos, na vida real eu apenas sento e observo. Acredito na lei do universo, onde a verdade sempre aparece e o bem prevalece.
Tenho meus momentos de dúvidas. Nem sempre é tão fácil e simples esperar.
Não sou a melhor pessoa do mundo. Estou bem longe de ser 'a boazinha' da história da minha vida. Mas tenho a certeza que meu coração sempre me leva para o caminho do bem e isso é o que importa.
"A vida não é esperar a tempestade passar...
Mas sim aprender a dançar na chuva"
Tentar fazer as pessoas te entenderem mostrando outro lado da moeda ou tentar ajudar já não me importa tanto quanto antes. Ou as pessoas querem e se esforçam para te entender ou você somente gastará suas energias na tentativa. Ou as pessoas querem ajuda porque elas sofrem de alguma forma e não aguentam mais e para essa ajuda acontecer, as pessoas a pedem claramente ou será novamente energia desperdiçada.   
Com o passar do tempo aprendi que nem todo mundo está preparado para ouvir a verdade do outro. A tal da sinceridade. Quando me perguntam, eu falo. Acredito que as pessoas criam um certo bloqueio com a sinceridade alheia quando está passando por um momento difícil e não quer admitir um insucesso. Admitir um erro e superá-lo rápido ajuda a seguir em frente e avançar mais depressa. Mas assumir tais responsabilidades, é que é a grande virtude. Muitas vezes realmente não rola.
Compreendendo isso, hoje eu me calo. Posso parecer até mesmo sem opinião, logo eu que sempre falei demais. Mas hoje em dia me preocupo muito mais com os sentimentos das pessoas e magoá-las num momento de fragilidade parece-me muito clichê. Para tanto, eu prefiro ser original e fazer diferente. Hoje para eu ser a super sincera de antes, quero clara evidências de que posso ser!
Vivendo e aprendendo vou mudando! 

Que as mudanças boas sempre aconteçam :)