quarta-feira, 7 de maio de 2014

Vivendo de amor

Meu namorado, sempre que estou mega mal-humorada, me mima horrores! Não sei como ele consegue buscar e encontrar tamanha paciência. Quem o conhece, sabe que a paciência não é o forte dele. Mas incrivelmente, nesses dias chatos, ele me diz que vai me amar muito mais. Não é uma fofura?? (Ele não pode saber que o chamei de fofura! Ele não acha esse termo condizente com ele... hahahaha)  Eu me derreto! 
Sempre que estou chata e triste com qualquer coisa, ele vem, beija minha mão e me diz: hoje vou te amar ainda mais, porque te amar quando está tudo bem é fácil. Vou te amar mais porque você é sempre tão legal e sua chatice vale a pena. 
Confesso que até hoje eu estranho essa atitude tão positiva dele. Penso de verdade que, naquele momento, eu não mereço tudo isso e ainda penso (mas não digo hehe) que tudo bem se ele quiser ficar longe. Afinal, nem eu estou me aguentando, porque ele me aguentaria?! hahahaha
Mas cada vez que ele faz isso comigo, eu consigo compreender mais e mais sobre relacionamentos e consigo vivenciar cada vez mais a troca deliciosa que é amar e ser amado.
Não consigo ser como ele ainda. Não consigo me doar tanto quando ele menos merece. Ainda preciso aprender a lidar com isso. Ele é muito melhor que eu nessa parte. Mas sei também que consigo superá-lo em outros setores e é por isso que nossa troca é tão deliciosa. A troca não é na mesma moeda, mas provavelmente seja na mesma intensidade.

Li um texto em inglês e farei uma breve tradução livre aqui, que sintetiza muito bem meu namoro e tudo que tenho aprendido nesse tempo que estamos juntos. Tenho certeza que hoje sou muito mais mulher por tudo que tenho aprendido e por tanta coisa que estamos somando um na vida do outro!


"Os melhores relacionamentos não são somente aqueles que nós dividimos os bons momentos juntos, são também os obstáculos que superamos juntos, e o fato que você ainda diz 'Eu te amo' no final. E amar alguém não é apenas dizer isso todos dias, é mostrar isso todos os dias de todas as formas. Relacionamentos devem ser escolhidos sabiamente. Não se apresse para amar, espere até achá-lo verdadeiramente. Não permita que a solidão o leve de volta aos braços de alguém que você sabe que não pertence a você. Apaixone-se quando estiver pronto, não quando estiver só. Um ótimo relacionamento vale a pena esperar."

Como já dizia Mario Quintana: É tão bom morrer de amor e continuar vivendo....