terça-feira, 22 de julho de 2014

E hoje é isso!

Hello, 'polvo'!

É eu ando muito sumida. Tem semanas que pipocam idéias, mas outras simplesmente nada passa por minha cabecinha!
A verdade mesmo é que as vezes, sinto como se eu vivesse numa montanha russa. Entre altos e baixos. Entre períodos de animação e outros mais de introspecção.
Para ser beeem honesta aqui, não gosto disso não! Nenhum pouco. Gosto quando estou animada, pra frente, feliz... Mas ultimamente não estou conseguindo ser essa constância toda que deveria ser.
Me cobro em relação a isso e sei que faz mal pois acabo me frustrando de verdade. E sentir isso não é maneiro.
Mas está bom também! Afinal não venho aqui para me colocar numa posição de coitada. Não é isso... 'Jamááás!'

Mas acredito que falta empenho da minha parte. Falta empenho para que as mudanças que quero que aconteçam se materialize. Sei que muita coisa não depende de mim, mas a grande parte que depende de mim e não consigo mudar, me deixa um tanto quanto incomodada.

Acho que o trabalho diário e o esforço são fatores que contam totalmente para bom andamento da vida. Foco e esforço diário são qualidades que todos nós temos, mas não para todas as áreas de nossa vida, infelizmente. E por isso temos que estar sempre atentos e de coração aberto para aceitar tantos desafios e limitações que a vida nos coloca. Só assim podemos superar tudo!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Geralzão da Copa!

Eu sei que a Copa ainda não acabou.. Ainda temos mais dois jogos, acredito que os jogos mais importantes: para 1º, 2º e 3º colocado! 
Mas como brasileira, arrasada pelo chocolate que a Alemanha nos deu, já conseguimos identificar como foi o maior evento esportivo sediado em nossa pátria amada. 
Já ouvi que foi 'o milagre brasileiro' (nessa tenho minhas ressalvas), ouvi que sabemos receber e fazer festa (isso não há o que discutir), ouvimos a todo momento (antes do 7 x 1) que essa é a Copa das Copas, que somos muito maiores que nossos problemas. 
Bom, eu não estou aqui para descredibilizar o Brasil e nosso povo, mesmo porque, sou parte totalmente integrante. Não sou muito amiga da política, apesar que nos últimos tempo tenho ouvido muitos noticiários a respeito. As vezes prefiro ficar no Facebook, Whatsapp e afins a ler algo mais interessante e construtivo. Sim! Sou 100% brasileira, interessada mais em besteirol do que em cultura. Mas tenho meus momentos. Consigo ter uma opinião própria sobre diversos assuntos. 
Bom, eu não acredito que ocorreu um milagre. Acredito que pessoas como eu e você, normais e trabalhadoras, mudaram toda nossa rotina, para a copa não ser um desastre. Algumas pessoas não conseguiram trabalhar, outras chegaram atrasadas, e muitas tiveram que fazer diversos outros sacrifícios para que a copa não seja prejudicada. Bom, se olharmos como o coletivo trabalhando junto para uma causa em comum, podemos considerar milagre sim! Mas infelizmente ainda não conseguimos calcular os benefícios e malefícios disso. Teremos que esperar. Apenas o tempo junto com os relatórios financeiros irão nos responder. 
Sabemos fazer festa e festejar, mas não foi preciso acontecer a Copa Fifa 2014 no Brasil para sabermos disso. Essa fama já a tínhamos com louvor antes disso. 
Se somos maiores que nossos problemas eu não sei, mas sei que sabemos disfarçar bastante. Talvez seja a arte cênica aprendida por todos nós nesses longos anos de 'melhores noveleiros' do mundo. 
Mas o que podemos aprender com essa Copa do Mundo essencialmente é que: um dia a máscara cai! Nossa seleção já estava ruim e uma hora ela desabou e foi da pior forma possível aos 200 milhões de torcedores. Temos problemas muito maiores que a derrota da nossa seleção. Sim, temos!! Mas o que está em pauta aqui não são escolas, hospitais e creches. Isso vamos cobrar depois. 
Mas especialmente, possamos enxergar melhor nossos problemas e encará-los de frente. Que uma derrota dessa magnitude possa mostrar toda a sujeira que colocamos debaixo do tapete até agora. Tanta corrupção e descaso com o nosso BRASIL seja mostrado claramente à todos nós, para fazermos uma eleição que valha a pena em 2014 e assim entramos 2015 com novas estratégias e novas vitórias.
A Copa é e sempre foi um grande evento! Cada um de nós acharemos algo de proveitoso nessa copa.
Para mim essa copa nos dá uma lição de que não devemos simplesmente aceitar tudo que nos é dado. Uma derrota de 7 x 1 não dá para apenas aceitar como inexplicável. Ela dá para ser explicada sim: falta de preparo psicológico, falta de treinos,  zero estudo da comissão técnica. Não podemos aceitar toda a roubalheira que ocorreu como um fato corriqueiro e usual pois não é!!! Eu não roubo ninguém e não aceito ser roubada por pessoas que confiei meu voto. Não dá para engolir tudo a seco e digerirmos em forma de: aqui no Brasil é assim!  Temos que superar e querer mais.




quinta-feira, 3 de julho de 2014

Minuto pensado.

Entre altos e baixos, vou tocando meu dia.
Entre a vontade de sumir e fazer acontecer.
Entre lá e aqui.
Ao meio de tantos pensamentos turbulentos e antagônicos, vou vivendo pra encontrar o meu melhor.
Talvez, apenas talvez o meu melhor não seja o suficiente para você. Então, meu caro: não crie expectativas. Ou as crie e aceite frustrações.
Nessa roda de emoções, o que fica são experiências marcantes que ajudarão enfrentar os próximos desafios.
Que eles venham cheios de empolgações, afinal a vida sentida é mais prazerosa que a vida contada.