terça-feira, 26 de agosto de 2014

Minuto pensado...

E todo dia vem a ansiedade, uma certa angústia.
Meus pensamentos agora são todos confusos.
A verdade mesmo é que sempre haverão pessoas que vão nos magoar. Não importa o quanto elas falem e demonstrem o quanto nos ama. Se algo lhes for contraditório, sempre haverão de nos machucar.
A verdade é que em poucos segundos tudo pode ruir e em questão de horas, todas as atitudes passadas nem lembranças são mais.
Os esforços, de louvor se tornaram obrigações.
Nada mais é valorizado.
É apenas passado...........
E eu só pensando em como acalmar uma alma atormentada...

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Está tudo bem!

"Qualquer experiência que nos tortura a alma, traz consigo a oportunidade de crescermos com ela."

Impressionante! Eu estou fazendo uma novena e essa frase ai acima é parte da oração do dia. 
Tem certas circunstâncias da vida que temos que tolerar, não para sempre, mas temos que tolerar. Algumas chateações que temos que passar e quando achamos que não aguentamos mais, vem ai algo para nos mostrar o quão forte podemos ser. 
Se algo nos tortura a alma é porque abrimos nossos corações para esses transtornos. O melhor de tudo é saber que também depende de nós fecharmos o nosso coração e seguir adiante. 
Tudo é uma oportunidade para aprendizado, para crescimento e sabedoria. Basta nós mesmos sabermos enxergar os detalhes e aproveitar o melhor de cada situação. Eu sei que eu sofro demais por antecipação, sofro demais por coisas que nem minha são. Mas sou assim e a cada dia, com cada sofrimento e cada tormento que minha alma vive, tenho a certeza que estou me fortalecendo e por mais que possa parecer o fim de muita coisa, tenho a CERTEZA que estou apenas no início de grandes vitórias. Tenho a confiança que caminho para o sucesso e que todo esse sofrimento vem agora para que eu possa ter um futuro totalmente em paz e seguro. 
É incrível como cada situação chata e inoportuna que aparece em minha vida me faz ter a certeza e a fé cada vez ampliada que TUDO dará certo. E se ainda não não deu certo é porque ainda não cheguei ao final!

Tudo bem quando acaba bem!


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Minuto pensado...

Às vezes, as pessoas nos magoam sem perceber, mas não é porque foi 'sem querer' que dói menos. Dói igual ou até mais. 
Mas todas as vezes que me vejo numa situação assim, não busco entender, nem questionar nada. Busco apenas o tempo para que assim, quanto mais ele passe, mais leve fica a mágoa ou a chateação. 
Sempre me apoio nas minhas atitudes, nos meus valores e minhas virtudes. Sei que faço o bem e pratico o bem. Mas sei também que sou passível de erros e de magoar também. Coisas do ser-humano!
Obviamente que procuro não fazê-lo e se faço me esforço para não repeti-lo. Assim é a evolução, é assim que nosso crescimento pessoal acontece.
Quando somos magoadas repetidamente pelos mesmos motivos, é porque deixamos. Ninguém nos atinge sem que deixamos nos atingir. Percebendo isso, sei que devo mudar minha postura e meu entendimento sobre os limites das pessoas e principalmente os meus limites. Até onde posso chegar com cada um que me relaciono e vice-versa. 
Nada melhor que o tempo para nos trazer soluções, entendimentos e renovações!

Que o dia hoje seja incrível, assim como deve ser a vida!

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Decida-se por você

No auge dos meus 31 anos, percebo cada vez mais como cada decisão tomada por mim lá atrás, tenha sido ela consciente ou inconscientemente afetam (ou não) o meu hoje.
No ápice da minha racionalidade, analiso cada sim e cada não que disse lá atrás, percebo como minhas atitudes passadas me fazem no dia de hoje ser a mulher que sou.
Digo-lhes que tenho sorte! Não me arrepende das coisas que deixei de fazer por pura responsabilidade. Sempre fui muito madura e responsável o que me fez pensar quais consequências trariam em cada uma das minhas atitudes. Alguns acham isso nerdice. Eu me considero apenas cautelosa. Não quero passar por situações que talvez seja pesada demais para eu carregar. Gosto de planejamento. Me sinto segura em saber quais serão meus próximos passos, quero que o caminho para onde quero chegar seja cheio de flores.
Ações impulsivas geralmente nos levam ao fracasso. Quando podemos analisar melhor, sabemos dos nossos riscos e o fracasso se torna aprendizagem ou vantagem.
Confesso que por vezes quero 'transgredir', como meu terapeuta me questiona... Tenho vontade de largar tudo e ser mais livre mas meu senso de responsabilidade não permite (já pensou se algo acontece? como eu vou supor? É a primeira coisa que me vem em mente).
Mas estou trabalhando duro para ser mais liberta de mim mesma. Quero ser liberta de hábitos que eu nem sei de onde vieram e como chegaram, liberta de regras e padrões exigidos pela sociedade, liberta dos sentimentos que por vezes chegam até nós e não podemos mudar, apenas aceitar. Quero ser indiferente a essas coisas! Coisas que não quero mais para mim! Não quero e não as terei. Simples assim...
Mas voltando ao lance das decisões {e acho que até já escrevi isso aqui em algum post passado}, quando penso em alguma atitude que tenho que fazer, sempre me coloco na posição de regra. "Mas toda regra tem sua exceção", é o que vem logo em seguida. Dai eu digo que para sermos a exceção da regra, temos que pagar para ver. Fora que querer ser a exceção da regra é puro ego, e ele tende a nos enganar, nos testar e até mesmo nos trair. Acho o preço muito caro a se pagar, geralmente querendo provar para nós mesmos que somos diferentes, especiais ou melhores que o restante das 7 bilhões de pessoas que vivem no planeta Terra. Mas papai do Céu nos fez iguais, portanto nada que fizermos irá mudar o fato que todos somos iguais. Então contento-me, e muito! em me igualar a todos e me colocar como a regra.
Na vida não precisamos sofrer para saber o que é melhor para nós mesmos. Precisamos apenas parar, respirar, pensar um pouco à frente e tentar enxergar além do que nossos olhos podem ver. 
Uma simples atitude pode mudar toda uma vida e se você pensa que talvez, apenas talvez algo possa ser uma má ideia, acredite! e decida-se por você!

Bacio Kiss,

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Chocada...

Eu estou perplexa com a morte do presidenciável Eduardo Campos!
Realmente a vida é cheia de surpresas e essa não foi uma surpresa boa.
Confesso que eu estava bem tendenciosa a votar nele. Não gosto do PT e PSDB já está batido. Acho que novos ares fariam muito bem para nosso país!
Não gosto muito de política pois nossos políticos não dão motivos para que tenhamos sentimentos diferentes dos piores que podemos sentir: nojo, indignação, revolta, raiva, incredulidade e por aí vai.....
Mas como o próprio Eduardo Campos disse: Não vamos desistir do Brasil! 
E ele está coberto de razão! Não podemos desistir do nosso país, do nosso berço, da nossa nação!
Eu realmente achava que talvez uma mudança presidencial seria uma esperança para nossa pátria amada. Não vou desistir da minha casa. 
Essa notícia, para mim, foi um alerta! Um sacode para a oportunidade que vem aí em outubro que pode mudar nosso país e nossa vida! 
Esse ano vou ficar muito mais atenta às eleições, para que em 2015, nosso Brasil possa ter uma nova chance, uma nova oportunidade.
Não quero que o Brasil esteja fadado à corrupção compulsiva que acontece desde sempre. Não quero ver o Brasil fadado ao descaso e às enormes diferenças sociais que temos que conviver a cada dia. Não quero aceitar essa injustiça que presenciamos. Não quero ter que engolir a seco tanta impunidade. Não quero e não vou!!! 

Hoje estou aqui triste... mas, mais otimista do que nunca por uma mudança!

#VamosMeuBrasil #ChegaDePalhaçada #EuNãoSouOtária