terça-feira, 19 de maio de 2015

Ajude(-se)

Hoje quero começar o dia com uma oraçãozinha, de autoria de uma blogueira fitness {Karla Souza}, o qual achei bem inspirador:

" Que toda pessoa que não me quer bem encontre a paz, o amor e a alegria de viver, e assim, repleto de felicidade, não encontre tempo nem vontade de me querer o mal." Amém.

Bom e assim começo meu dia. Cheio de reflexões. Cheio de coisas. Hoje vejo quanto somos vitimas de nossas próprias ações. Hoje, mais do que nunca, percebo que ajudar alguém se torna obrigação ainda mais se essa ajuda é contínua. Ajude sim as pessoas, mas ajude apenas uma vez para que isso não se torne uma rotina e uma obrigação na sua vida.
Seja bondoso e tenha compaixão, mas não permita que esses sentimentos se transformem e dó, pois se isso acontecer, você passará a carregar um peso que não lhe pertence, passará a carregar a cruz de outrem. 

Hoje percebo que não importa o quanto fazemos, por quem fazemos, isso logo se ternará uma obrigação se a ajuda virar rotina. Não permita. Uma ajuda é apenas um socorro momentâneo, não algo que deva ser estendido. Ajudar deve ser passageiro e eventualmente. Não queira mais problemas para si, pricipalmente os alheios. Cada um carrega a cruz que aguenta. Cada um suporta suas próprias dores e cabe a cada um curar-se por si só. 
Não seja muleta, nem bengala de ninguém, apenas de si mesmo. Apoie-se em você para ir além, e vá! Não perca a coragem, nem a determinação de querer alcançar o que seu coração almeja. Vá fundo e enfrente, mas enfrente somente os SEUS problemas e de mais ninguém! 

Não permita ser vítima de suas próprias ações!

Bom dia, gente! <3