terça-feira, 29 de setembro de 2015

E quem ousa dizer não?

Eu vivia dizendo que não dá pra ter tudo nessa vida... que cada escolha uma renúncia... essas frases assim, bem feitas.
Acho que me cansei delas. Acho não! Tenho certeza. 
"Você diz que eu sou um sonhador,
mas eu não sou o único."
Ontem ou hoje pela manhã (não lembro bem) eu li algo que chamou muito à minha atenção: somos os limites que colocamos para nossa vida. Somos reflexos do que achamos que merecemos, somos ainda reflexos do nosso amor próprio.
Acho que dessa vez, essas frases que já as li diversas vezes tocou diferente em mim. Acho que agora eu passei a prestar mais atenção para isso.
Quem disse que eu não posso ter tudo ou querer tudo? Porque não? Porqueeeeeee???? 
Se alguém me explicar o porque eu não posso e se isso for realmente convincente, passo tentar a aceitar essas frases feitas de novo, pois eu realmente cansei delas. 
Não as quero mais. Não aceito mais viver essas verdades.
Hoje para mim, minha verdade é outra. Minha verdade é muito. Aceito muito para ter muito. Exijo muito porque me doo muito. 
Porque eu, logo eu, tenho que ser assim: cheia de frases feitas e verdades absolutas? 
Não quero.
Quero ser o que eu quiser. Quero conquistar as coisas à minha maneira. Quero ser o que eu bem entender e ainda quero fazer tudo do meu jeito. 
Por mais que eu queira tudo, sei que meu coração é puro. Não no sentido de santa ou casta, mas puro nas intenções de querer o melhor para mim e para os meus sem prejudicar o próximo. Puro no sentido de querer amar, amor, alegria, paz e prosperidade para todos. 

Consciência limpa e vida saudável... E assim é!