sexta-feira, 8 de julho de 2016

Gradycida!

Seja obsessivamente grato
Demorei um pouco, mas voltei! 
To muito ocupada... [falou a Angela Merkel! kkkk]

Me encontro numa fase muito espiritual. 
Quando falo espiritual é sobre a minha busca incessante em me tornar mais espiritualizada. Não estou falando da religião espírita [apesar de não ter nada contra, até frequento, mas aqui o lance é outro].
E nessa minha busca, tenho lido, assistido procurado bastante sobre o tema e é universal o uso e exercício da gratidão. 
Manifestar-se grato, sentir gratidão, agrado, agradecer sempre é o início de tudo.
E isso no fundo nada mais é que um exercício que depois se torna hábito e então você passa a exercê-lo sem esforço e sem perceber.
Mas o melhor de tudo é que praticar a gratidão te abre novos pontos de vista.
Todo mundo fala que quando praticamos a gratidão a vida realmente muda. A partir do momento que ouvimos isso, a primeira coisa que nos vem à cabeça é algo novo que acontecerá... um milagre. Mas no fundo mesmo é que mudamos nossos pontos de vista.
Praticando a gratidão, percebo que minha mente se expande e minhas ideias para tudo aquilo que eu tinha certeza muda. Fiquei menos cética, menos crítica, menos juiz. Juiz mesmo porque eu adoro fazer um julgamento. É do meu signo isso, como dizem por aí.
Bom, quando tudo isso acontece, paramos de nos desesperar e percebemos que qualquer acontecimento que não faz parte dos nossos planos é uma oportunidade e não um problema.
E encarar as surpresas da vida como uma oportunidade nos deixa tão leves e calmos que realmente vale a pena.
É onde encontramos a plenitude. Para mim, praticar essa gratidão é o que me faz perceber quanta coisa linda a vida nos proporciona. Como precisamos apenas estar tranquilos para receber a vida por inteiro.
A vida é esses altos e baixos que nos persegue. A vida é ser feliz e triste, ser amado e ser odiado, a vida é amar e odiar. Sentir e inspirar sentimentos. É trabalho, descanso, lazer, irritação, prazer, preocupações, frustrações e realizações.
Só sentindo tudo da vida e agradecendo todos os altos e baixos é que entendemos que viver pode ser além de seguir em frente. Viver pode ser além de realizar tarefas. Viver é sentir cada suspiro.

Obrigada!
Obrigada.
Obrigada

=)