quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Leituras felizes

Incrivelmente eu estou lendo dois livros ao mesmo tempo.
Tá! Não é tão incrível assim porque não é a minha primeira vez. Já fiz isso outras vezes. Mas quando eu menciono isso, a grande maioria das pessoas pessoas me perguntam como eu consigo, se eu não confundo uma história com a outra e tal... 
A verdade é que não tem como confundir. Geralmente eu fazia isso com livros de assuntos bem distintos, mas não tem como confundir. É como assistir novela e seriado ou pausar um filme na metade e um reality show. Quando volto a ler, as memórias do que já li vem imediatamente em minha cabeça e não tem essa confusão. Simplesmente não existe. 

Mas o fato é que não estou aqui para falar das minhas habilidades literárias. Estou aqui mais para falar de como a gente atrai as coisas quando estamos bem sintonizados. Alguns falariam que seria uma coincidência da vida. Eu acho mesmo que é sintonia e energia. Força do pensamento e leis do universo mesmo.

Bom, nos últimos tempos tenho sentido necessidade de ler e despenquei até a Saraiva e escolhi um livro de auto-ajuda/inspirações da Elizabeth Gilbert que chama Grande Magia - Vida Criativa sem Medo. Comecei a ler e estou adorando. Em paralelo eu tenho estudado a Kabbalah ou Cabala e me deu vontade de ler um livro indicado pelo professor da Kabbalah, que chama Tornar-se Como Deus. Ele até que é auto-ajuda e pode parecer presunçoso, mas na verdade eu achei bem interessante pelo simples fato que pareceu-me óbvio quando ele diz que se somos imagem e semelhança de Deus, então em nossa essência, somos exatamente como Deus. E mesmo se você não acredita na Bíblia, pois isso está lá, digo que somos feito de luz a essência da luz é criar, então posso criar qualquer coisa também. 
Algo que eu disse 2 ou 3 posts atrás: pessoas de carne e osso criaram coisas inimagináveis antes deles. Porque não eu? Porque você não pode ser esse criador? Porque eu não posso ser essa inspiração?! A frase que eu sempre proferi sem grandes intenções "Tudo posso naquele que me fortalece" faz cada vez mais sentido e tem cada vez mais intenção.  

Eu sempre digo essa frase quando vou comprar algo e 'choro' um desconto e o vendedor me fala: 
-Não posso!, imediatamente eu retruco: - Lógico que pode, sabe porque? porque tudo posso naquele que me fortalece. E todo mundo ri. Alguns mais esforçados até que fazem um descontinho outros ficam sem graça mesmo e só ri. 

Mas isso mais que um dizer bíblico, nos mostra o quão poderosos podemos ser. Tanto um livro quanto o outro dizem basicamente a mesma coisa. Um com mais embasamento bíblico outro com mais teorias das leis do universo, o que descobre-se que no final é tudo a mesma coisa. 

Percebemos que a religião é apenas uma forma, criada pelo ser-humano para dar mais veracidade às leis da vida e do universo. Talvez, sem religião, as pessoas não cressem tanto. O fato de haver uma figura física inspira e fortifica a fé das pessoas. 

Só me entristece que muitas pessoas pegam a força da religião para usar as pessoas e travar guerras. Isso sempre aconteceu. Desde que mundo é mundo e existe relatos sobre a civilização. Uma pena.

Mas o importante mesmo é que temos diversos modos de enxergarmos as verdades da vida. Seja ela através de religiões, através de leituras neutras ou quando temos que aprender pela dor mesmo que é bem difícil mas faz parte da evolução humana. 
Abrir espaço no coração e mente para aprendizados nunca nos transformará em seres-humanos obsoletos. Seremos sempre interessantes. 

E ser interessante nunca sai de moda!!!! :)

Verde mais verde.

A vida sempre nos mostra como tudo depende da forma com a qual encaramos.
Eu vivo uma vida do estilo classe média e assim são meus amigos, claro!
A gente sempre conversa como gostaríamos de não ter problemas financeiros, como não queríamos nos preocupar com isso, afinal a vida já tem tanta coisa com as quais deveríamos nos preocupar e dinheiro não deveria ser uma delas.
Pois bem, eu sou dessas que adora ver um drama da vida alheia portanto, assisto esses reality shows de famosos e famosos quase nunca falam sobre problemas financeiros, por dois motivos básicos:
1) quase nenhum tem problemas financeiros
2) e muito dos famosos querem aparecer pelo dinheiro que possuem, então não faz sentido falar sobre problemas financeiros.

Bom, daí você começa a ver os dramas das pessoas e percebe que até que é okay ter problemas financeiros.
Uns perderam precocemente algum ente muito MUITO querido [algo que não tem conserto :( ], os que não perderam ninguém, tem grandes problemas com algum(s) ente MUITO querido. Sem mencionar nas inseguranças e todas as incertezas que os rondam.

No fundo, os problemas financeiros que temos são simplesmente porque sempre queremos ter mais matéria. Carros melhores, roupas melhores, mais viagens, mais saídas em restaurantes, melhores celulares. Aquela velha história de ter mais daquilo que não precisamos. Em circunstância alguma seria problemas financeiros relacionado ao básico como alimentação e moradia, por exemplo. Nem vou citar vestuário porque poderíamos passar anos sem comprar uma peça de roupa simplesmente porque já temos um estoque grande disso, especialmente nos dias atuais que todos os estilos estão na moda.

Eu sempre digo que tudo, exatamente tudo pode ser um sinal. Até aquele programa fútil que a gente assiste, aquela novela chata no final do dia ou aquele programa bobo de domingo, podemos ter algum aprendizado se acreditarmos que nada é por acaso. Muitas vezes assistimos algo na TV por pura diversão e distração, mas outras tantas vezes podemos tirar algum proveito.
Hoje assistindo uma entrevista eu tive esse pensamento justamente porque passei o feriado com minhas amigas e um dos temos foram esses: como seria ótimo não termos problemas financeiros.

Mas tenho algo comigo que aprendi que devemos muito observar nossos pensamentos, principalmente aquele pensamento que vem aleatoriamente em nossa mente. Às vezes do nada a gente lembra de um fato ou acontecimento ou uma frase repentina que lemos ou ouvimos. Quando isso acontece é porque pode ter alguma conexão e devemos pensar sobre isso e tirar algum tipo de proveito.
Foi assim hoje. Fiquei até que aliviada em ver que meus problemas são apenas financeiros. Sei que podemos inventar várias medidas para economizar ou gerar mais receitas. Somos inteligentes e podemos criar tudo que quisermos, inclusive temos total capacidade de criar nossa vida, porque quem manda aqui sou eu...kkkkkk e a vida fica mais fácil sem grandes perdas e com apoio total daqueles que amamos.

A minha grama é mais verde sim!!! :)

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Exerça sua criatividade

Eu sempre acho que deveria estar inspirada a escrever ou caso não esteja inspirada, eu deveria me esforçar mais  para encontrar a inspiração, para que novas ideias surjam.
No fundo rola ser assim, mas eu teria que só fazer isso da minha vida e por enquanto eu ainda não consigo me sustentar com isso. Eu tenho 2 sonhos: 1) ser escritora de romance/ auto-ajuda daquelas-bem-inteligentes; 2) ser cantora de festas-de-casamentos.
Nossa! Eu amaria ser esse tipo de cantora. Já tenho planos para aulas de canto e tal...
Todo mundo fala que tanto pra ser escritor e cantor tem que ter nascido com o 'dom'. Eu acredito em partes. Acho simplesmente que quem nasce com isso TALVEZ se esforce menos para alcançar o sucesso.
Eu acredito muito que com persistência e dedicação, podemos ser qualquer coisa. Penso primeiramente que todos aqui são 'sérumaninhos' lindos. Hehehe
De verdade: acredito muito que todos que fizeram a diferença são principalmente seres-humanos a começar por Jesus Cristo. Eisten, Tesla, Darwin, Hitler (não esqueçamos do mal), Michelangelo, Jobs, Luther King, Mandela, Madonna, Anne Frank, Adele, John Lennon, Elvis... Enfim! Temos uma infinidade de homens e mulheres, exatamente como nós somos, que fizeram toda a diferença aqui em nosso mundo. Alguns mais persistentes, outros mais audaciosos, uns mais dedicados. Mas TODOS estavam 100% focados no que queriam.
Dai eu lhes pergunto: Porque não eu? Porque não a gente? A diferença é que sempre colocamos outras coisas como prioridades. Sempre nos sabotamos. Sempre deixamos nossas ideias, inspirações, criações, criatividade, ideologias, vislumbres ou qualquer coisa similar pra depois. Nunca damos a devida atenção.
Pense que essas pessoas fizeram, até então o impossível. Quando em 1813 iriam imaginar um smartphone?
Quando no ano de 523 d.C se imaginaria num relógio mecânico, ou numa simples prensa que hoje se tornaram as impressoras? Carros, aviões, armas de fogo, são muito muito recentes se contarmos que o mundo existe a mais de 5.700 anos de quando começaram a contar.
Então tudo isso era somente sonho ou quem sabe alucinações, que alguém teve a audácia e a coragem de realizar. E acreditem: tem dado certo.
Não quero entrar aqui na questão ambiental e a que custo o planeta está pagando porque isso é outro problema, que tem mais a ver com ganância e não estamos aqui pra falar dos defeitos individuais de cada pessoa.
Imagina se euzinha dizer algo assim!? Que parecia impossível, fui lá e fiz. Eu. Marianna Barbati.
Já me vejo recebendo o Nobel. Kkkkkkkkkk

Bom, o que eu queria mesmo dizer desde o começo é que vamos ter mais atenção às nossas ideias, criatividade, intenções. Nunca sabemos o quão genial podemos ser até que realizamos. E tentar nunca fez mal nenhum aos grandes mestres do mundo.
=)