quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Leituras felizes

Incrivelmente eu estou lendo dois livros ao mesmo tempo.
Tá! Não é tão incrível assim porque não é a minha primeira vez. Já fiz isso outras vezes. Mas quando eu menciono isso, a grande maioria das pessoas pessoas me perguntam como eu consigo, se eu não confundo uma história com a outra e tal... 
A verdade é que não tem como confundir. Geralmente eu fazia isso com livros de assuntos bem distintos, mas não tem como confundir. É como assistir novela e seriado ou pausar um filme na metade e um reality show. Quando volto a ler, as memórias do que já li vem imediatamente em minha cabeça e não tem essa confusão. Simplesmente não existe. 

Mas o fato é que não estou aqui para falar das minhas habilidades literárias. Estou aqui mais para falar de como a gente atrai as coisas quando estamos bem sintonizados. Alguns falariam que seria uma coincidência da vida. Eu acho mesmo que é sintonia e energia. Força do pensamento e leis do universo mesmo.

Bom, nos últimos tempos tenho sentido necessidade de ler e despenquei até a Saraiva e escolhi um livro de auto-ajuda/inspirações da Elizabeth Gilbert que chama Grande Magia - Vida Criativa sem Medo. Comecei a ler e estou adorando. Em paralelo eu tenho estudado a Kabbalah ou Cabala e me deu vontade de ler um livro indicado pelo professor da Kabbalah, que chama Tornar-se Como Deus. Ele até que é auto-ajuda e pode parecer presunçoso, mas na verdade eu achei bem interessante pelo simples fato que pareceu-me óbvio quando ele diz que se somos imagem e semelhança de Deus, então em nossa essência, somos exatamente como Deus. E mesmo se você não acredita na Bíblia, pois isso está lá, digo que somos feito de luz a essência da luz é criar, então posso criar qualquer coisa também. 
Algo que eu disse 2 ou 3 posts atrás: pessoas de carne e osso criaram coisas inimagináveis antes deles. Porque não eu? Porque você não pode ser esse criador? Porque eu não posso ser essa inspiração?! A frase que eu sempre proferi sem grandes intenções "Tudo posso naquele que me fortalece" faz cada vez mais sentido e tem cada vez mais intenção.  

Eu sempre digo essa frase quando vou comprar algo e 'choro' um desconto e o vendedor me fala: 
-Não posso!, imediatamente eu retruco: - Lógico que pode, sabe porque? porque tudo posso naquele que me fortalece. E todo mundo ri. Alguns mais esforçados até que fazem um descontinho outros ficam sem graça mesmo e só ri. 

Mas isso mais que um dizer bíblico, nos mostra o quão poderosos podemos ser. Tanto um livro quanto o outro dizem basicamente a mesma coisa. Um com mais embasamento bíblico outro com mais teorias das leis do universo, o que descobre-se que no final é tudo a mesma coisa. 

Percebemos que a religião é apenas uma forma, criada pelo ser-humano para dar mais veracidade às leis da vida e do universo. Talvez, sem religião, as pessoas não cressem tanto. O fato de haver uma figura física inspira e fortifica a fé das pessoas. 

Só me entristece que muitas pessoas pegam a força da religião para usar as pessoas e travar guerras. Isso sempre aconteceu. Desde que mundo é mundo e existe relatos sobre a civilização. Uma pena.

Mas o importante mesmo é que temos diversos modos de enxergarmos as verdades da vida. Seja ela através de religiões, através de leituras neutras ou quando temos que aprender pela dor mesmo que é bem difícil mas faz parte da evolução humana. 
Abrir espaço no coração e mente para aprendizados nunca nos transformará em seres-humanos obsoletos. Seremos sempre interessantes. 

E ser interessante nunca sai de moda!!!! :)